Ir para conteúdo
BritneySpears.com.Br: Rebellion

unx

Membro
  • Total de itens

    14.123
  • Registro em

  • Última visita

  • Days Won

    13

unx last won the day on Maio 6

unx had the most liked content!

Sobre unx

  • Rank
    Circus
  • Data de Nascimento Julho 13

Profile Information

  • Gender
    Male

Últimos Visitantes

2.506 visualizações
  1. Thanks, quando eu passo da terceira linha fico imaginando que ninguém vai ler, então fico in shock quando quotam. ❤️ Estou lentamente vendo o que perdi no forum enquanto ele, a internet e o app bugavam sequencialmente. Desacostumei, mas talvez as redações voltem logo. haha
  2. O legal desses tópicos é que na dificuldade em escolher as faixas preferidas a gente relembra como a discografia dela é valiosa, cheia de tesouros escondidos. Por isso o B10 precisa de promo bem feita, esses hinos que ela grava precisam de destaque, performances, menções, medleys, algo que faça o album ser conhecido e muito ouvido. A única coisa que resolveria mesmo seriam albums visuais contemplando ao menos metade das faixas. Eu tenho várias faves em cada album, vou focar em uma só para não me confundir. Algumas (*) sempre foram os destaques para mim, ou pelo menos na maioria das vezes em que pensei sobre, outras ainda alternam com o tempo. I Will Be There* What U See* Let Me Be* Breathe On Me* Heaven On Earth Unusual You* Scary Hold On Tight Mood Ring
  3. Com o forum fora do ar e eu meio desligado da internet, estou demorando para me acostumar a usá-lo de novo. Tenho lido vagarosamente os tópicos passados até me atualizar. Claro que me informei por outras redes, mas aqui postam mais coisas de modo geral. Não estou ressuscitando tópicos, mas esse vale ser relembrado. Adorei o relato super detalhado e espero que você esteja bem de saúde já. Ainda bem que isso não afetou a sua ida ao show. Fico feliz em ler confirmações de que ela está mais descontraída, segura e comunicativa no palco. Depois do breakdown isso é muito significativo de ver e talvez nem seja por causa do show durar tanto tempo, pois ela demonstra isso em praticamente todas as apresentações atuais independente das adaptações. Mas deve ter sido a residência, no seu começo, que fez ela se reencontrar no palco para o seu público, mais livre de julgamentos. É uma pena esse playback do CD, só isso, se corrigido, melhoraria o show absurdamente. Tomara que os próximos albums ganhem foco, ela ama performar músicas inéditas e elas precisam voltar a ser valorizadas. Bem legal a parte das reações das pessoas, do público fiel, do novo público e das pessoas em geral que tratam Britney como evento. S&S hino, é um fato e tomara que a do Pitbull também se torne. É difícil animar o tempo todo em um show antigo e simples, sem novidades e na América do Norte, mas certamente a POM tem seus pontos altos e a Britney faz com que o show valha. Não achei tão polêmico falar bem das roupas porque isso me lembrou a FF. Sempre falavam que eram roupas simples demais e imagens demonstravam isso, mas ao vivo eram super detalhadas, brilhantes e bem feitas! A POM teve roupas no decorrer que não tem como defender, mesmo que as fotos não façam jus, mas acho que a tour não está pegando pesado nisso. Só acho brega demais a roupa de chacrete e a calcinha da abertura não combina com o resto. Seguindo o seu relato, deve estar bem satisfatório de perto. Prerogative Sobre o palco, queria que fosse com a produção da Xuxa na Record do Dancing Brazil pelo menos. Até a LIC pisou por emular as espirais do palco original. Na tour limitada nem redimensionaram algumas projeções das laterais em algumas performances, dá para ver que a imagem se distorce para preencher aqueles blocos. Mas eu até entendo porque o palco foi pensado para um teatro e nele funciona. Era para ter ficado dois anos lá, ficou mais dois e se abriu um espaço para viajar o mundo que não era previsto. Agora que sabem dessa possibilidade lucrativa, espero que a próxima residência já comece com uma adaptação do palco em mente.
  4. É muito legal ver esse feedback. Ela está em um momento muito melhor que 2011 no palco e as pessoas estão sedentas pelos seus whos que viajavam o mundo. Ela é uma artista jovem e universal, isso faz parte dela. O desleixo da equipe é real ao não corrigir detalhes ao mostrar o show de Vegas em outros lugares, especialmente porque sabemos que o show é muito melhor que essa extensão aí. Não digo tanto pela estrutura, mas pelas coreografias e figurinos que deveriam ser retocados. Porém, não é algo inesperado e soa como novidade/nostalgia para o grande público. Se até o show da renovação do contrato (2.0) não teve mudanças substanciais, nessa pequena tour é que não teria. Fã esperava mais que isso, esperou demais ou acreditou muito em insiders biscoiteiros. Espero que a próxima residência não seja tão longa. Se ela renovar o contrato, que seja para um novo show até mesmo em outro local. 3 anos de show deve ser o máximo de tempo. Se houvessem mudanças grandes na renovação e na tour, não seria ruim, mas ainda acho que seria tempo demais para uma só "fase" da carreira, especialmente para a Britney que não ficava mais de um ano numa era. Fico feliz que agora tour é uma realidade, que o povo ainda sente/quer ela e ela ainda sente/quer o povo, só precisa de ajustes na parte técnica para as suas tours voltarem ao nível clássico. A próxima "tour da residência" provavelmente vai ser bem melhor que a Live in Concert e a Piece of Me tour, pois agora sabem que levar o show ao mundo funciona, é lucrativo e possível. Quando a residência começou, nem pensavam nisso por motivos óbvios. Acredito que a próxima empreitada já começará com uma mini-tour em mente, o que deve refletir até no layout do palco ou suas adaptações.
  5. Essa música é transcendental, eu amo muito! O instrumental, o vocoder, a voz, a letra, tudo encaixa perfeitamente e nos leva a outro lugar. A música expressa a confusão mágica de encontrar um amor inesperado. Saudade de albums sendo trabalhados com vários singles, nesse caso ainda teve a obrigação de colocar Radar como single para atrapalhar. A Britney sempre coloca músicas nesses estilo que mistura emoção com sinterizador nos albums, mas nunca viram single. Espero que isso mude no futuro e que Unusual You tenha chance de ser referenciada em um show. É uma das minhas músicas favoritas de todas e a melhor das não-single da Britney para mim. Quando tem festa temática da Britney e essa música toca, a gente sente o poder mesmo não sendo agitada. Viajei no final de semana e tocou no carro do meu amigo, flutuei. Just Luv Me, State of Grace e And Then We Kiss são outros exemplos de músicas dela feitas para voar. ❤️
  6. Coitada! Mas no fim a Britney fez a música hitar e agora a Tulisa teve a sua recompensa e reconhece que a culpa foi somente do Will. A RCA nem para filtrar, colocou o BJ todinho na mão dele. rs O Orbit que ficou queimado na época sendo que só queria o melhor para o album e valorizava o potencial da Britney. Pois é. Ele parecia criativo e era estiloso nas suas produções, mas algo o fez se perder todo e virar isso. Estava ouvindo as antigas do BEP, era tudo tão bem feito na época. Tomara que consiga se reciclar ou que, pelo menos, nunca mais cometa essas coisas. =/ Carters devem estar de olho.
  7. Imagiva a Britney transformando o local que inspirou a música em uma boate com muito neon e gelo seco, mas tudo na cabeça dela enquanto observava.
  8. Por isso torci para que não fosse da Britney, já que o rumor do momento é o próximo lead ou buzz single.
  9. Eu queria muito que tivesse alguém antenado nas redes, rumores e tudo na equipe dela, para ressignificassem essas coisas como "fanservice". Não ficaria forçado porque ela tem muito background. Um single ou trecho de música referenciando original doll/feed the wolves/apple pie ou críticas que ela recebe seria algo muito bem vindo. Atualizaria a imagem dela, mostraria que ela tem as rédeas, viralizaria e tudo mais. Só que sobre música de relacionamento controverso ela já fez, My Prerogative é exatamente isso, aquela introdução é incrível e o clipe, apesar de ter o embuste, é um tapa na cara de quem queria ditar a sua vida pessoal. Eu amaria um cover de Bitch, da Meredith Brook, que ela declamou em um show. É muito ela aquela música e ainda daria para fazer um trocadilho com a sua frase icônica que inicia Gimme More.
  10. unx

    Pepsi Tour fortíssima!!

    Pepsi não economiza para promover o ícone, a empresa poderia se adonar dela ou ao menos inspirar o Larry. Isso não deu certo no Glory, ela fez o BBMA (SB moral) e já tinha começado a POM 2.0. O resultado foi que o album nem interlude ganhou na residência, o clipe atrasou, deu ruim e sabemos do resto que não foi por falta de empenho dela. SB tem que ser para começar ou dar corpo à uma era nova, não quero outro momento icônico desperdiçado sem ampliar o seu legado. Seria épico, só que a gente precisa de era decente e acho que uma boa chance disso é juntar residência/tour e SB com o album, pelo menos alguma coisa temática entre os três elementos teria e seria um grande avanço. Mas quando tu falou e Bey e Pepsi, lembrei do comercial imemorável, mas muito bem feito, dela. Imagina a Britney calando os críticos da sua aparência ao referenciar suas eras?
  11. unx

    [LISTA] Todos os prêmios de Britney Spears

    Tem bem mais, pena que tem página/award que nem existe mais. Legal atualizar a lista com provas, bora começar a printar tudo, né? Senão vai ter menos ainda daqui uns anos para provar. Sobre Grammy e VMA: my ass. Ela foi muito injustiçada nesses dois. O primeiro por ser pendante e agora viver de acordos, o segundo porque além de viver de acordos e ignorar sua origem (music videos) deve boa parte da sua existência aos momentos icônicos da Britney naquele palco
  12. Viam a Britney como attention whore, a garota problema, como se ela quisesse causar, ser vista e comentada, mas sempre foi a vítima. Quando teve alguma atitude mais agressiva foi justamente em resposta a isso e com total propriedade. Agora desfruta do momento de calmaria que tanto queria e conquistou a duras penas. Quero música sobre mídia no B10, ela tem muito o que falar, até a introdução de Something To Talk About na POM foi carregada de significado. Taylor fez um dramalhão com a era Reputation, criando uma volta por cima de uma queda que nunca existiu pois ela que montou todas as tretas que agora ataca. E a Gaga fazendo a estrela caída que sofre como artista incompreendida? Ou os Carter que tratam as suas vidas e filhos literalmente como produtos.
  13. Tomara que as reclamações sobre o team cheguem a todos os talk shows possíveis.
  14. unx

    Bebe Rexha: "Cresci assistindo Britney"

    Gostei do que ela disse, não negou as inspirações, mas reconheceu que é diferente.
  15. Ela sempre fala bem da Britney e não por educação, é perceptível que ela se sentiu íntima dela e que toda essa bondade lhe foi passada. Ela acompanha o que a Britney faz, ela conhece a grande pessoa que ela é, o que passou e como evoluiu. Não tem vergonha nenhuma de ter começado a carreira em um filme visto como mal visto pela crítica, que cada vez parece mais tendenciosa, pois acreditava no que estava fazendo e sabia que tinha sentido, assim como respeita quem estava protagonizando essa história e o seu significado a nível global. "Na época, ela era a maior figura pública que tínhamos" e pode voltar a ser com os passos corretos. "A história tratou de gravidez na adolescência, estupro, relacionamentos insalubres, identidade, tentando encontrar consolo com seus pais". Sempre pensei nisso, a história é muito boa e importante, não é um besteirol típico da época, apesar de ser retratado de forma leve. Talvez essa visão do filme, bem como o preconceito com a Britney e o machismo da época, notado na invisibilidade desses temas para o público jovem, tenham gerado aquela rejeição. Ele poderia aprofundar mais nos dramas, mas nem de longe é ruim. Talvez com um tratamento melhor teria sido grandioso, mas já brilha por ter abordado temas tão a frente do seu tempo, especialmente nesse gênero, que só agora estão em voga. Isso é uma das coisas que fazem da Britney um ícone em diversas áreas de forma totalmente espontânea, ela é a representação do que muitas minorias passam, sempre fazendo o possível de forma honesta e inclusiva e recebendo o mínimo crédito.
×