Jump to content

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Diana

[RESUMO] Audiência do dia 10/11 | Bessemer aceita, James continua

Recommended Posts

A Bessemer Trust, empresa escolhida por Britney, foi aceita para atuar como co-conservadora/guardiã/tutora de suas finanças. O pai da Britney não foi suspenso hoje, mas a juíza disse que está ciente e que isso ainda está aberto para mudar em outra data. A audiência foi continuada para o dia 16/12. 
 

Trechos / Momentos importantes da audiência:

Foi dito pela primeira vez, sob juramento judicial, que a Britney não quer mais o pai na tutela. Ela queria que uma empresa entrasse para cuidar das finanças desde Janeiro, mas não conseguiu por acordo, mas a justiça agora garantiu. O James nega veementemente que ele está brigando de alguma forma com a Britney. 

Samuel Ingham disse que como essa é uma tutela voluntária (se lembrem que o James fez a Britney concordar na tutela em 2008 prometendo que tudo mudaria após a Circus Tour e que era só uma medida pra ajudar ela a recuperar a guarda dos meninos) se a escolha da Britney for boa, deve ser concedida.

Ele falou que a Britney já falou inúmeras vezes que tem MEDO do pai e que não vai voltar a trabalhar até que ele saia da jogada. 

Lynne questionou o motivo pelo qual James ainda não saiu e se tornou como ela, por dentro do processo mas sem se meter no processo e trazendo dificuldades para a Britney. O advogado da Lynne falou que quando ela pediu por um documento específico alguns meses atrás o James respondeu que “Britney é como um cavalo de corrida e deve ser tratado como tal.” 

Cavalos de corrida são fonte de renda e aposta para seus donos, trabalhando incansavelmente. 

O advogado da Lynne também falou que não é segredo algum que a relação da Britney com o pai sempre foi ruim, que ele sempre quis trazer complicações para a vida dela.

Foi revelado que o Samuel Ingham proibiu o James de falar com a Britney e eles não entram em contato há meses.  
 

 

 

Link to post
Share on other sites
6 minutos atrás, Diana disse:

A Bessemer Trust, empresa escolhida por Britney, foi aceita para atuar como co-conservadora/guardiã/tutora de suas finanças. O pai da Britney não foi suspenso hoje, mas a juíza disse que está ciente e que isso ainda está aberto para mudar em outra data. A audiência foi continuada para o dia 16/12. 
 

Trechos / Momentos importantes da audiência:

Foi dito pela primeira vez, sob juramento judicial, que a Britney não quer mais o pai na tutela. Ela queria que uma empresa entrasse para cuidar das finanças desde Janeiro, mas não conseguiu por acordo, mas a justiça agora garantiu. O James nega veementemente que ele está brigando de alguma forma com a Britney. 

Samuel Ingham disse que como essa é uma tutela voluntária (se lembrem que o James fez a Britney concordar na tutela em 2008 prometendo que tudo mudaria após a Circus Tour e que era só uma medida pra ajudar ela a recuperar a guarda dos meninos) se a escolha da Britney for boa, deve ser concedida.

Ele falou que a Britney já falou inúmeras vezes que tem MEDO do pai e que não vai voltar a trabalhar até que ele saia da jogada. 

Lynne questionou o motivo pelo qual James ainda não saiu e se tornou como ela, por dentro do processo mas sem se meter no processo e trazendo dificuldades para a Britney. O advogado da Lynne falou que quando ela pediu por um documento específico alguns meses atrás o James respondeu que “Britney é como um cavalo de corrida e deve ser tratado como tal.” 

Cavalos de corrida são fonte de renda e aposta para seus donos, trabalhando incansavelmente. 

O advogado da Lynne também falou que não é segredo algum que a relação da Britney com o pai sempre foi ruim, que ele sempre quis trazer complicações para a vida dela.

Foi revelado que o Samuel Ingham proibiu o James de falar com a Britney e eles não entram em contato há meses.  
 

 

 

pelo menos isso

Link to post
Share on other sites




×
×
  • Create New...