Jump to content
BritneySpears.com.Br: Rebellion

Heitor G.

Membro
  • Content Count

    199
  • Joined

  • Last visited

  1. Gente kkkk Eu amei o trecho, achei a vibe bem boa (meio Glory mas bem mais BJ) O que eu achei estranho dos vocais foi que no final não parece nem ela, nem a Myah, parede outra pessoa... mas nas duas primeiras frases achei bem ela sim, lembrou os vocais de Liar
  2. Eu gosto muito da POM, acho que dentro do conceito de show de GH ficou ótimo e não por menos foi sucesso. Mas os figurinos depois e o playback, realmente
  3. Aliás, o """"""problema"""""" né, bem importante deixar claro. O gatilho kkkkkk A POM começou assim né, não era conectada mas cada bloco fazia sentido, mas ai ela picotou o figurino todo...
  4. O único problema da FFT é a Britney não estar animada (com razão) pra fazer o show, porque eu acho o enredo, a produção e a setlist incríveis. Tudo orna, tudo faz sentido, eu AMO turnês com enredo, acho que a Britney super se encaixa nisso... mas nada disso é bom se ela não tá confortável.
  5. Eu realmente, hoje em dia, não me incomodo mais com o playback. O que eu gostaria que ela fizesse era honrar isso e as vezes se esforçar mais pra pelo menos soar real, porque quando não é o vocal de 1999 é ela que não tá nem ai pra dublar (vide o segundo refrão de Make Me). Aquela entrevista que ela deu pra um rádio em Israel eu acho sobre playback e ela falar que sempre canta junto ao vivo... não tenho nem como acreditar e nem como defender kkk
  6. Sensação agridoce, né... fico muito feliz pelo (mais um) sucesso dela mas em contrapartida ajuda a "marca Britney" que a gente já sabe quem é né.
  7. Gente, alguém me tira uma dúvida: existe COMPROVAÇÃO, tipo nos tantos documentos que já saíram antigos e/ou atuais, de que ela não pode falar sobre a situação dela?
  8. Amei o tópico, mais uma vez o @Dragon faz tudo! O que mais me pega em cada notícia que sai é: como eu não via isso antes? Eu lembro de no passado defender tanto a situação da Britney... que bizarro né? A narrativa do time/família/mídia realmente funcionou e eu acho que por isso a gente precisa NÃO trabalhar com a cultura do cancelamento pro público geral. A gente precisa trazer as pessoas, e não afastar elas. Páginas como o @freebritneyla, @meaner03, @britneythesagittarius, @britneysgram, @thatsurprisewitness, @eatpraybritney... e tantas outras são extremamente válidas pro movimento e é um orgulho imenso, enquanto fã, acompanhar o trabalho deles. Acredito que a Britney esteja lutando contra, de forma mais ativa agora, da forma que ela pode... imagino que deva ser um puta esforço porque né, ela tá cercada pelo o que não presta. Gosto muito de acreditar nas leituras de tarô que fazem sobre ela porque me dá esperança kkk e é nesse pensamento que eu tento me apegar, sabe? Que uma hora ou outra, a verdade vem. Por muitos momentos e situações tudo isso me lembra muito a vida do Michael... e o que eu mais aprendi nessa história toda é não duvidar de mais nada. Pro bem ou pro mal. No mais, #FreeBritney e se fode Lou Taylor!
  9. No post que ela respondeu não houve sequer citação sobre essa idéia de ser ela ou não que posta no Insta da Britney... Ou seja, se entregou né? "Você não viu a postagem dela?" kkkkkk falsa do caralho, nem mentir essa senhora sabe... E sobre o Sam, parece que nos documentos ele desmentiu essa acusação.
  10. @Dragon será que se a gente começar facul de Direito agora a gente consegue se formar a tempo de salvar a Britney? kkkkkkk Ou um estágio... estágio na corte de LA, amo
  11. Acho ele vago em muitas questões essenciais dessa entrevista. Aliás quantas perguntas boas, né? O cara soube levantar pontos muito importantes... mas confesso que ainda espero um entrevistador que realmente vá fundo nos documentos oficiais da corte que já foram divulgados, por exemplo, e que possam cutucar ainda mais os FATOS, que por si só já são motivo suficiente pro #FreeBritney existir. Aliás, como é que o irmão da pessoa não sabe NADA sobre o movimento? Ele parece não saber de quase nada, né? Na verdade saber ele sabe... talvez não possa comentar. Pelo menos falou que ela SEMPRE quis e AINDA QUER sair dessa conservadoria, e realmente, devemos usar isso pra divulgar. Deu pra perceber o olhar de descrença que a família toda tem com ela, né? Que vida difícil e solitária a Britney deve ter... os argumentos que ele usou pra justificar essa situação como "ela vai ligar e fazer suas próprias reservas?": então pra trabalhar durante anos ela é super capacitada, pra viver a vida DELA não? O problema começou com a família e ainda é a família. Ainda bem que ela tem a gente. #FreeBritney
×
×
  • Create New...