Jump to content
BritneySpears.com.Br: Rebellion

Ace

Membro
  • Content Count

    3,523
  • Joined

  • Last visited

About Ace

  • Rank
    Lucky

Profile Information

  • Gender
    Not Telling

Recent Profile Visitors

1,204 profile views
  1. Com o pé direito que foi Make me para iniciar a era, eu acreditava que nada poderia dar errado. Parabéns, team Britney
  2. Parabén, dona Britney....esqueceu e passou a oportunidade para o clipe dark dance new disco gotico de tom's diner
  3. É engraçado isso que tem coisa que em qualquer um eu acharia estranho, mas nela me parece tão autentico e esperado, e que eu gosto tanto.
  4. O silêncio eu até compreendo, a sensação e postura de incapacidade. São questões judiciais complexas, além de toda sujeira da mídia. Agora, ficar de gracinha com a Lou no insta igual certos familiares fazem, isso não dá para entender.
  5. Esse ano eu comecei a pensar: será que a Britney realmente tem alguma doença ou apenas reações normais diante uma situação tão absurda? Eu já teria esmurrado meio mundo
  6. Achei um musicão. Não sei como é a versão original, mas seguir um vocal mais aafado e no refrão explodir um vocal mais alto, claro, com aquela rouquidão que a Britney põe tipo em What u need...ficaria muito ofda
  7. Everytime dá para entender facilmente. Ela estava sendo atacada por todos os lados, o Justin contribuiu muito para a perseguição e difamação iniciados alí, foi inteiramente oportunista e não sei se hoje ele se arrepende ou sente-se culpado. Make me seria um pouco mais difícil de entender se não houvesse rompido toda essa história atual. Acho que a ideia foi extrapolada demias e talvez por iso ela não tenha gostado.
  8. A legenda pode não ser dela ( mais certo de não ser), mas o vídeo pareceu um sincero apelo para pararem a perseguição aos familiares.
  9. Usei o termo errado, mas entendi ism que ele próprio pediu sua demissão. E sim, isto e a vontade dela pelo fim da tutela são as duas coisas que são possíveis de serem tomadas como fato até então. Mas já são extremamente suficientes para tornar a história muito bizarra
  10. Parece ser difícil acreditar que ela possa estar sendo abusada por quem "a salvou" lá atrás. Mas criaram uma bagunça enorme. Se perderam totalmente com a demissão do advogado, parece que previram que algo iria vazar e desde então foi uma bola de neve. Isso faz a gente refletir sim, que também é difícil acreditar que alguém que tenha problemas tão sérios conseguiu trabalhar todos esses anos cumprindo muito bem a agenda. Peguem como base outros artistas que abertamente falam de seus problemas. Ou mesmo pessoas comuns. E novamente, 4 meses de internação, vocês realmente acreditam que isso faz bem a alguém? Apenas cooncordo que se deve evitar linguagem violenta. O que temos de evidência mais concreta é a vontade e luta para o fim de uma conservadoria que, realmente, só existe por conta de um patrimônio milionário a ser mantido. No mais, qualuqer excesso, como ataque aos familiares, pode ser prejudicial à própria Britney.
  11. Sim, parte deve ficar em guarda médica, detalhes como diagnóstico, por exemplo. Mas aqui no Brasil, por exemplo, pode-se solicitar "reports" genéricos, que atualizem pelo menos se a pessoa está melhorando. Parece que não se sabe nem em qual instituição que ela está, ou isso já está em algum lugar dessas milares de mensagens?
  12. Pela Britney ser pessoa pública, a mídia não pode "forçar" relatórios constantes sobre o estado dela não? Sei que não há obrigação de revelar detalhes da condição e tratamento, mas atualizações de evolução, se tá bem ou não, previsao de permanência, etc..como ocorre aqui
  13. Eu tb temo por ela. Se ela está realmente todo este tempo internada, eu não consigo acreditar que isto não esteja causando algum mal. As coisas parecem fazer muito mais sentido na condução da carreira nos ultimos anos. Album lançado pelas coxas, apenas dois singles mesmo no album que visivelmente ela se entregou (Glory), pouca promoção. Isso nunca me pareceu escolha dela. Nos ultimos anos ela me mostrou que ama o que faz como artista. Ela teria dinheiro e disposição para lançar o que quiser. Parece que o que acontece é que o nome dela é já o principal produto, não o material. Não vale investir se o nome em si já vai render e custa 0 dolares. E não é ela que controla seus investimentos. Só isso pode justificar isso tudo. E isso tira a liberdade dela, que nõ possui nem o próprio nome. Se quiser ser um pouco mais dramático, é possível? Se a Britney ficasse mal, de maneira irrecuperável, ou morresse, o nome dela renderia tão dinheiro quanto já rende ou mais. Isso é uma hipótese extrema, que nõ penso que possa ser real, mas que me dá muito medo.
  14. Outro ponto que me deixa desconfortável é o post do instagram. Agora está confirmado que não foi ela. Por quê não fizeram lá no início? lá em janeiro? É como se eles soubessem que algo estava prestes a ser exposto (talvez devido ao episódio com advogado) e tentassem bolar um novo enredo. A ideia era deixar tudo bem escondido mesmo parece.
×
×
  • Create New...