HigorS

Membro
  • Total de itens

    3.324
  • Registro em

  • Última visita

  • Days Won

    3

Sobre HigorS

  • Rank
    Lucky
  • Data de Nascimento 01-12-1992

Contact Methods

  • MSN
    higor_bsiqueira@hotmail.com

Últimos Visitantes

807 visualizações
  1. Eu amo essa sonoridade! Claro que há vários estilos misturados neste CD que montaram, mas a maioria das músicas é mais ou menos da mesma época (entre 2003 e 2007), então há algumas semelhanças, principalmente a voz mais crua. Monalisa ficou incrível com esse acréscimo de piano, adorei! Mas prefiro um milhão de vezes a versão oficial de Someday, este hino! Eu acredito que o Original Doll, o nome do CD, é apenas um rumor que ganhou grandes proporções em uma época muito insegura para os fãs da Britney. Ela estava num "lança/não lança" desesperador, então surgiam muitos rumores todos os dias. Porém, é fato que ela trabalhou dezenas de canções entre o In the Zone e o Blackout, uma miscelânea de ritmos e sonoridades, várias faixas experimentais, etc. Acho que inicialmente eles queriam algo mais orgânico, R&B, um pop mais cru, urban, sem perder o toque chiclete da Britney, mas além da gravadora provavelmente não ter curtido o resultado, a vida pessoal da Britney estava uma loucura na época, então muito da falta de lançamentos também deve ser por causa disso. O Blackout tem uma vibe mais pop dirty dance, muito diferente do som orgânico que supostamente o "Original Doll", ou qualquer que fosse seu nome, teria. Sendo assim, com certeza mudaram toda a direção do material no decorrer desses anos. De certa forma isso foi ótimo, pois acho que o Blackout jamais seria tão hinário se tudo o que aconteceu na época simplesmente não tivesse acontecido e se o estilo musical do álbum fosse outro. Porém, eu queria ter mais acesso ao que foi gravado nessa "era", pois com certeza as principais músicas que estariam no "primeiro projeto" nunca foram vazadas. A Britney comentou várias vezes sobre canções que ela compôs em casa no piano, eu queria muito ouvir essas músicas, por exemplo. Inclusive, saudades vazar unreleased da Britney. Poderia sair alguma da era Britney Jean ou daquele suposto material gravado para dar sequência à Pretty Girls. As músicas devem ser ótimas!
  2. Eu ainda não tinha pensado por este angulo, para ser sincero. No final das contas, a era Glory pode ter dado prejuízo ao invés de lucro (financeiramente falando), pois eles investiram em divulgação (festivais, aparições em programas de TV, participação em premiações, 3 clipes para apenas 2 singles, entre outros "gastos") e o CD e os materiais lançados não venderam tanto, logo eles não tiveram retorno financeiro. O "saldo positivo" da era foi entre os fãs que gostaram do CD, pois pelo menos na produção do álbum eles arrasaram e deixaram pouquíssimo a desejar (eu faria algumas pontuações, mas são poucas). Estávamos sedentos por um bom disco e ela nos presenteou, mas infelizmente o material foi MUITO mal trabalhado. Num contexto geral, achei 2016 um ótimo ano para a Britney. Ela evoluiu muito a confiança no palco e isso é bonito de ver. É uma pena o que aconteceu, especificamente, no desenvolvimento da era Glory. É aquilo que a Madge falou no discurso de Mulher do Ano, hoje em dia artistas veteranos sofrem muito para fazer, lançar e divulgar seu trabalho, pois as coisas se tornaram muito diferentes na industria. Eu apenas espero que eles estejam evitando gastos extras, que poderiam muito bem agradar os fãs, para fazer uma décima era decente. Sério, eu vou ficar muito bolado se os 20 anos de carreira não forem comemorados à la Britney Spears.
  3. Ela precisa mudar de gravadora.
  4. Nunca tinha visto esse flagra estranho de 2008. Em 2007, poucos dias depois de raspar o cabelo, ela tirou fotos na piscina de um hotel com amigas? É "engraçado" imaginar, mas ela estava totalmente careca neste dia.
  5. Morrendo com os comentários. Ainda não assisti, vou esperar sair para download com legenda. Continuo curioso, mas as críticas - apesar de previsíveis, ok? - tem desanimado bastante. Sobre a disputa de dança entre ela a o Justin Imagina a própria assistindo isso? Como é palhacita, deve ter dado pala em diversos momentos.
  6. Perfeita! Amo o cabelo dela assim. Tomara que ela o use mais no próximos lançamentos/shows.
  7. Que voz gostosa! E que violoncelos maravilhosos, queria que eles fossem mais destacados em algumas partes na versão original, ficaram incríveis nesta mais crua.
  8. Ai, gente... chorei uehueuehuee Que linda!
  9. Morta na risadinha icônica da Britney quando ela e o Justin estão conversando no final Tô ansioso pra ver a atuação dessa garota na fase dark. Ela levou muito a sério essa mania da Britney de rir arreganhando a boca, tá ficando com a cara meio patética. Na Britney fica lindo, né?
  10. Gente, saiu outra cena (bem Oi? e inútil, na minha opinião). É dos meninos do NSYNC cantando parabéns para ela. Coloquem lá na first. Desculpa se for repetido. Parece que a atriz tá passando mal ao invés de interpretar surpresa. MUITO estranha! E essas palmas desengonçadas? E essa Felícia ridícula? MATARAM A MINHA FELÍCIA! Não tô sabendo lidar.
  11. Também fico pensando nisso. Até essa época ela devia fumar pouco ainda, e como a imagem que ela passava era totalmente oposta a equipe devia tomar todas as precauções para que ela nunca fosse vista dando umas pitadinhas heuehuehue
  12. Hahahaha sobre Guilty, eu tava pensando nisso esses dias, enquanto ouvia aquela versão do Original Doll que postaram aqui no Fórum, prestando atenção na letra da música. Seria uma interpretação interessante heueheuheu Mas gente, sinceramente? Ela deve ter ficado com outro cara, talvez não tenha chegado nem a sexo, mas provavelmente ficou com alguém enquanto estava namorando o Justin. Levando em consideração a época, esses assuntos de traição incomodaram muita gente conservadora, mas, infelizmente, pessoas traem o tempo todo. E nós nos esquecemos de que a Britney tinha o que, 20 e poucos anos na época? Uma garota jovem, linda, rica, interessante, com os hormônios à flor da pele, viajando pelo mundo, nem sempre podia estar com o namorado, pois ele também trabalhava muito. Não duvido nada de ter rolado algo da parte dele também, não apenas com a Britney, mas também com suas outras namorada e a atual esposa. Quem somos ou quem é o Justin (e pior, quem são os fãs do Justin) para julgar negativamente a Britney por qualquer traição? É apenas um fato.
  13. Gente, na primeira cena o ator arrasou, bem Justin mesmo. Agora ficou ridícula a cena do término, PQP. E galera... É obvio que a Britney traiu o Justin, pfvr. Foi corno SIM. A Britney é um ser humano, errou, traiu. Everytime tá aí pra servir de desculpas, aceitem. "I may have made it rain / Please forgive me / My weakness caused you pain / And this song's my sorry..."
  14. O problema não é "fazer de qualquer maneira". Um trabalho "simples", mas verdadeiro, é muito mais interessante. O foda é que essas produções geram opiniões ridículas sobre assuntos delicados pelo mundo todo, na maioria das vezes mentindo. Eles perdem a oportunidade de fazer algo icônico, artístico, digno de prêmios e inspirador, para polemizar. Mas aguardemos...
  15. Quando saiu o primeiro trailer, eu ainda tive uma pontinha de esperança de que poderia ficar legal. Poxa, afinal é a vida emocionante de Britney Spears. Mas na medida em que estão saindo as coisas eu juro que estou ficando bem desapontado. Nem ligo de falarem muito de 2007, convenhamos, faz parte do enredo da história... Começo, ascensão, auge, turbulências, queda, renascimento, adaptação e glória. Não tem como falar de Britney Spears sem citar que ela surtou e raspou o cabelo. O foda é que parece que eles estão inventando algumas coisas, como naquele trailer em que o Kevin a pede em casamento, sendo que a própria Britney falou no Chaotic que foi ela quem fez o pedido. Tô achando essa Britney muito bobinha, avoada e sorridente. A Britney é meiga, mas sempre foi esperta e com uma postura mais ativa. E essas roupas?! Parece que eles se esqueceram de que a história da Britney é atemporal e atravessou gerações muito marcantes e distintas no quesito "figurino". Agora me esclareçam uma coisa: vai ter o Sam Lufti? Ele vai estar lá, fodendo e drogando a Britney nesta fase dark? Ou eles vão associar a fase mais bizarra dela com o que? Ela mesmo já disse que deixou pessoas ruins entrarem em sua vida. Eles usaram qual embasamento para criar este roteiro? Os tabloides ou as evidências reais que existem sobre o assunto? Apesar de estar curioso, infelizmente eu acho que nós, fãs de carteirinha da Britney, vamos passar muita raiva assistindo este filme.