Jump to content
The Bad Bitch

TMZ: Livro de Jamie Lynn diz que ela foi controlada pelos pais; quiseram que ela fizesse aborto ou desse pra adoção; ela foi proibida de contar pra Britney e outros que estava grávida.

Recommended Posts

LIVRO DE JAMIE LYNN SPEARS AFIRMA QUE OS PAIS A CONTROLARAM, ABORTO FORÇADO... Foi Avisada Que Dar À Luz Aos 16 Anos Arruinaria A Sua Carreira.

Jamie Lynn Spears diz que passou por um inferno quando estava grávida aos 16 anos, e seus pais e equipe foram um dos estopins por trás de sua miséria... empurrando adoção,  aborto e fazendo o possível para escondê-la do público.

Obtivemos vários trechos do próximo livro de Spears, "Things I Should Have Said", onde ela descreve os eventos que se seguiram a ela dizendo aos pais e à gerência que estava grávida em 2007.

Em um trecho, Spears diz que pessoas de seu círculo íntimo, "... vieram ao meu quarto tentando me convencer de que ter um bebê neste momento da minha vida era uma ideia terrível... 'Isso vai matar sua carreira. Você é demais jovem. Você não sabe o que está fazendo. Existem pílulas que você pode tomar. Podemos ajudá-la a cuidar desse problema... Eu conheço um médico'" acrescentando, "todos ao meu redor só queriam resolver esse 'problema' desaparecer."

Jamie Lynn diz categoricamente: "... todos tinham a certeza de que o encerramento [da gravidez] seria a melhor atitude."

Spears diz que seu telefone foi tomado para impedi-la de se comunicar com pessoas fora de seu círculo imediato... o objetivo era manter tudo em segredo.

Jamie Lynn afirma que não tinha permissão nem para contar a Britney que estava grávida, dizendo: "Eu precisava dela mais do que nunca e ela não pôde de me ajudar no meu momento mais vulnerável... Até hoje, a dor de eu mesma não poder dizer a minha irmã ainda perdura."

Em um ponto, Jamie Lynn diz que ela e seu pai Jamie entraram em uma briga por causa do bebê ainda não nascido, "jogando palavras e lançando insultos" quando ele pressionou que entregasse para adoção.

Spears diz que eventualmente sua equipe fez um acordo de exclusividade com a OK! Magazine para quebrar a história da gravidez e dar-lhes as primeiras imagens do bebê dela

Jamie Lynn diz que ela e sua mãe foram para uma cabana em Connecticut para se esconder até que o artigo fosse publicado. As duas passaram o Dia de Ação de Graças lá juntas, onde "mamãe usou sua decepção como sua jaqueta favorita."

Jamie Lynn tem sido muito criticada ultimamente por fãs de Britney que sentem que ela está aproveitando a situação atual de Britney para ganhar dinheiro com o livro, mas se os trechos que obtivemos são alguma indicação... ela também tem muito a dizer sobre como ela foi criada e as táticas de seus pais.

https://www.tmz.com/2021/10/22/jamie-lynn-spears-book-parents-pushed-abortion-adoption-career-baby-pregnant/

Link to post
Share on other sites

Não duvido de nada disso. 

Só que a partir do momento que começou a entrar dinheiro da irmã na jogada.. Esses traumas ficaram pequenos, com o dinheiro da irmã chegando através do Papai que queria que eu fizesse um aborto. 

Porque não coloca essa parte tbn amor

 

Link to post
Share on other sites

Morrendo que agora a tática é jogar os pais debaixo do ônibus. Engraçado que ela não fala da clínica de conversão para jovens que caíram na perdição né? Ah! Verdade… essa foi obra da tia Lou, ela não pode falar mal dela. 

Me poupe. E ela ter vivido tudo isso (incluindo corte de comunicação) e ficar caladinha com a situação da Britney? Ajudando nos abusos e tentando acabar com o movimento? Ah, vai cagar. 

Link to post
Share on other sites

Me veio uma vibe tão esquisita dela dizendo que tiraram o celular dela, tipo, por um momento me pareceu que ela tá copiando a história da Britney.

Eu não duvido que a JL tenha sofrido na mão dessa corja, mas ela encontrou um lugar confortável e ali ficou, caçando patos e criticando carros elétricos por serem silenciosos demais.

Fora que em nenhum momento ela se posicionou a favor da irmã ao longo desse tempo todo.

Agora a mãe é ruim, o pai é ruim, os fãs da Britney são ruins, mas a Lou nem é citada porque se for, os patos selvagens da Louisiana perdem uma caçadora

 

Link to post
Share on other sites

Se ela passou por tudo isso, eu sinceramente não duvido, deveria ter tido empatia pela IRMÃ que passou por algo parecido, porém BEM PIOR e em uma escala colossal de diferente.

Sinceramente, espero que a Britney se cure de todos os traumas e consiga sua família tão sonhada. É isso. Os outros? Que paguem pelo que fizeram, seja de modo ativo ou passivo!

Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, The Bad Bitch disse:

LIVRO DE JAMIE LYNN SPEARS AFIRMA QUE OS PAIS A CONTROLARAM, ABORTO FORÇADO... Foi Avisada Que Dar À Luz Aos 16 Anos Arruinaria A Sua Carreira.

Jamie Lynn Spears diz que passou por um inferno quando estava grávida aos 16 anos, e seus pais e equipe foram um dos estopins por trás de sua miséria... empurrando adoção,  aborto e fazendo o possível para escondê-la do público.

Obtivemos vários trechos do próximo livro de Spears, "Things I Should Have Said", onde ela descreve os eventos que se seguiram a ela dizendo aos pais e à gerência que estava grávida em 2007.

Em um trecho, Spears diz que pessoas de seu círculo íntimo, "... vieram ao meu quarto tentando me convencer de que ter um bebê neste momento da minha vida era uma ideia terrível... 'Isso vai matar sua carreira. Você é demais jovem. Você não sabe o que está fazendo. Existem pílulas que você pode tomar. Podemos ajudá-la a cuidar desse problema... Eu conheço um médico'" acrescentando, "todos ao meu redor só queriam resolver esse 'problema' desaparecer."

Jamie Lynn diz categoricamente: "... todos tinham a certeza de que o encerramento [da gravidez] seria a melhor atitude."

Spears diz que seu telefone foi tomado para impedi-la de se comunicar com pessoas fora de seu círculo imediato... o objetivo era manter tudo em segredo.

Jamie Lynn afirma que não tinha permissão nem para contar a Britney que estava grávida, dizendo: "Eu precisava dela mais do que nunca e ela não pôde de me ajudar no meu momento mais vulnerável... Até hoje, a dor de eu mesma não poder dizer a minha irmã ainda perdura."

Em um ponto, Jamie Lynn diz que ela e seu pai Jamie entraram em uma briga por causa do bebê ainda não nascido, "jogando palavras e lançando insultos" quando ele pressionou que entregasse para adoção.

Spears diz que eventualmente sua equipe fez um acordo de exclusividade com a OK! Magazine para quebrar a história da gravidez e dar-lhes as primeiras imagens do bebê dela

Jamie Lynn diz que ela e sua mãe foram para uma cabana em Connecticut para se esconder até que o artigo fosse publicado. As duas passaram o Dia de Ação de Graças lá juntas, onde "mamãe usou sua decepção como sua jaqueta favorita."

Jamie Lynn tem sido muito criticada ultimamente por fãs de Britney que sentem que ela está aproveitando a situação atual de Britney para ganhar dinheiro com o livro, mas se os trechos que obtivemos são alguma indicação... ela também tem muito a dizer sobre como ela foi criada e as táticas de seus pais.

https://www.tmz.com/2021/10/22/jamie-lynn-spears-book-parents-pushed-abortion-adoption-career-baby-pregnant/

É sobre isso que o livro vai focar  para tentarem humanizá-la? 
 

kkkkkkkkkkkkkkkk essa história é tão óbvia 

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...




×
×
  • Create New...