Jump to content
Diana

ATT: Resumo na first! | PLANTÃO: “Controlling Britney Spears” (continuação do Framing) | 23h

Recommended Posts

LINK DE STREAMING:

RESUMO
- Assistente de segurança do Edan está sendo entrevistado. Ele trabalhou na empresa de segurança de 2012 até 2021. Falou que Britney não dá um passo sem que a TriStar, Robin Greenhill, Edan e Jamie não saibam. Eles tem um grupo de mensagens onde falam tudo que acontece na vida da Britney. Todos que entram em sua casa precisam ser aprovados antes. Os seguranças eram entregues envelopes de remédios e davam pra Britney, que não podia sair da sala até que tomasse na frente deles. Sempre diziam que a tutela era pro melhor da Britney e que ela concordava.  

- Gerente de turnê da era Circus conta que foi recrutado da equipe da Shakira para trabalhar para a Britney. Ele relata a agenda de divulgação de Dezembro para um álbum, com uma performance por dia em um país diferente. A agenda teve que ser aprovada pela corte, logo, eles declararam que era suficiente para performar em uma agenda desgastante como essa.
- Gerente de departamento de roupas/costureira durante a Circus, Femme Fatele e Piece of Me conta que a Robin era da TriStar mas que sempre estava perto. Ninguém sabia o papel que ela desempenhava, ela não tinha um cargo. Era apenas Robin. Não havia autorização para conversar com a Britney antes que a Robin aprovasse, e ela negava até mesmo um jantar de sushi que a Britney pedia dizendo ser caro. Se B forçasse as coisas iam escalando até a gritaria começar e o Jamie chegar pra forçar tudo. Iam até o fim ameaçando tirar os filhos dela.
- Relata que na Circus Tour ela sentiu o cheiro de maconha e saiu CORRENDO do palco, chorando e dizendo que não ia passar no teste de drogas. Se trancaram com ela num quarto e ela saiu chorando e teve que continuar o show. Felicia diz que era muito tóxico. 

- Britney viu todos com um iPhone e queria um. Foi muito trabalho para conseguir e Edan foi até o assistente na empresa de segurança atrás de um app que monitorasse o celular, como uma criança. O assistente questiona a legalidade e a corte diz que era legal. Robin sugeriu logar a mesma conta do icloud no iPad e espelhar o serviço da Britney no telefone. Tudo. Fotos, notas, facetime, tudo. Monitoravam TUDO. 

- Em certos dias ela teria o celular e em outros não. Eles monitoravam as conversas e depois a confrontavam, perguntando por que ela estava falando com tal pessoa.

- Felicia voltou para a Circus Tour no modo de assistente, como ela era antes. Logo ficou claro que ela não era pra ficar junto da Britney sozinha ou puxar conversa. Em certo momento, o Jamie ligou para ela, chamando para uma reunião de emergência. Nessa reunião, eles disseram que na leg Europeia da Circus Tour, ela não deveria ir. Disseram que a Britney não queria ela lá e que se ela a visse, ela não subiria no palco. Felicia bateu o pé e disse que iria de todo jeito, já que os quartos nos hoteis já estavam até marcados. Eles disseram então que ela não era pra chegar perto da Britney de jeito nenhum. Assim foi. Até que no final do último show a Britney entrou com os seguranças num corredor que a Britney estava. Todo mundo parou e quando a Fê se virou e olhou pra Britney, ela deu um pulo e foi correndo gritando "FEEEEEEEEE!!!! Onde você estava?" Eles tentaram colocar as duas uma contra a outra. Certa vez, a Robin chegou pra Felicia e disse que ela não conhecia mais quem a Britney era. 

- Britney tinha uma mesada em Las Merdas. Se ela visse um sapato no shopping e quisesse, eles não deixavam. Ela pediu um tênis e eles negaram. A estilista ouviu, pegou o sapato e colocou nos custos do guarda-roupa do show, dizendo que não funcionavam no palco. 

- A estilista diz que os meets aconteciam por cima de pau e pedra, ela era obrigada a fazer não importava o que tivesse acontecido logo antes, pois se não perderiam muito dinheiro. Ela concordava com vinte pessoas e eles enfiavam quarenta em certos dias. Sempre foi complicado. 

- Edan colocou um gravador no quarto da Britney. Eles chegaram dias depois com uma gravação pedindo para deletar, estavam muito nervosos. O cara não deletou, manteve uma cópia. Isso foi feito em 2016, dias antes de um investigador da corte chegar pra entrevistar ela. Os homens na vida dela tinham que ser aprovados pelo pai dela. Ele mandava pessoas investigarem e seguirem eles e obrigava eles a assinar contratos. 

- Britney tentou contatar um advogado quando estava internada. Ela sugeriu que ele se disfarçasse de encanador para conseguir se encontrar com ela, se não ele não conseguiria acesso. A equipe descobriu e não deu certo.

- O flagra saindo do hotel na Páscoa com o Sam foi ARMADO. Edan ficou muito preocupado com o Free Britney no começo, mandou pessoas infiltradas para documentar todos os participantes e computar tudo. 

- O Ingham mandou email pro Edan pedindo confirmação que os telefones da Britney não eram monitorados, confirmação escrita. Eles mentem e confirmam que não está sendo espionado. Quando o assistente viu isso, ele foi questionar o Edan e ele se sentou na mesa, tirou a arma do bolso, colocou na mesa e disse: "Então você não concorda como eu trabalho?"

Edited by Diana
Link to post
Share on other sites

A diretora disse que aceleraram pq tem testemunhos polêmicos... eitaaa 

Colocamos este seguimento de “Framing Britney Spears” juntos em questão de semanas. À medida que as pessoas que podiam expor o funcionamento interno da tutela se apresentavam, sentimos que era necessário fazer com que o relatório fosse público o mais rápido possível.

e eu vou estar sempre do seu lado, Samantha Stark, você é uma lenda! 

Edited by Love Me, Hate Me
Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.




×
×
  • Create New...