Ir para conteúdo
BritneySpears.com.Br: Rebellion
LIPE DIAS

Idolator aclama o álbum Circus "Perfeição pop espumante"

Recommended Posts

As coisas ficaram um pouco caóticas para Britney Spears em 2007, mas ela se ergueu das cinzas da quase destruição em 2008. Depois de descer para as profundezas dos clubes em sua opressiva Blackout , a Princesa do Pop passou por um renascimento criativo com o desvelamento de seu sexto álbum, Circus. Embora a primeira tenha sido reconhecida como a mais avançada até agora, seu lançamento foi quase perdido em um mar de manchetes negativas e lutas pessoais. O último significou um retorno e deu a chance de pular o drama anterior e aterrissar em seus pés. Recuando para território familiar, apresentou uma versão mais suave da lenda viva. Isso ficou evidente depois de uma olhada na capa delicada. Vestida com um vestido fino e corado, a hitmaker olha serenamente para fora do quadro. Não poderia ter sido mais diferente do que as linhas afiadas e tecidos angustiantes que definiam Blackout .

 

Tudo foi mais polido; esta é uma tendência que se transferiu para a música. Depois de uma escuta inicial, o álbum pode se sentir mais seguro do que seu antecessor. As batidas experimentais, que ajudaram a inaugurar uma nova era de dance pop, foram em grande parte evitadas em favor de um chiclete mais direto. No entanto, a época era exuberante com sucessos duradouros. O principal entre eles é o single principal, “Womanizer”. O hino subiu nas paradas, fazendo  seu segundo # 1 na Billboard Hot 100. O vídeo que acompanhou foi um arrasa0quarteirão que a viu interpretar uma infinidade de personagens. Também enfatizava seu renascimento, enquanto a superstar nua reclinava em uma sauna. Isso foi apenas o começo.

 

A faixa-título é a perfeição pop literal. "Todos os olhos para mim no centro do picadeiro, assim como um circo", Britney anuncia. “Quando eu agarro esse chicote, todo mundo vai tropeçar, assim como um circo.” Poucas falas em sua discografia descrevem melhor suas personas pessoais e profissionais. Claro, nós temos outro vídeo incrível - sem o que parece ser uma parada de dança imperdível. Sem surpresa, o sucesso atemporal foi Top 3. Merecia. Enquanto isso, Brit ficou um pouco travessa em “If U Seek Amy.” Enquanto se disfarça , o refrão aumenta o fator de atração depois de ouvir mais de perto. O single só foi melhorado pelo seu visual irônico, que deu certo tom na apresentadora da Fox News. 
A era atingiu seu primeiro obstáculo quando decidiu lançar "Radar", uma faixa bônus / Blackout que sobrou como single final do álbum. Não é o melhor trabalho dela. No entanto, inúmeras outras faixas permanecem na tracklist. "Unusual You" tem a distinção de ser uma das melhores baladas de Britney. "Kill The Lights" é um beijo farpado para os paparazzi a par com "Piece Of Me". "Blur" preenche sem esforço a lacuna entre Blackout e Circus . O grogue hino do dia seguinte quase parece um aceno para ela, deixando decisões ruins em seu passado. Enquanto isso, os cílios de guitarra em “Mmm Papi” criam uma brincadeira demente, mas inegavelmente divertida.
O mesmo pode ser dito de “Mannequin”, que teve um breve momento no centro das atenções quando Brit o apresentou no The Circus Tour . Mas nunca conseguimos justiça para sua coreografia original. “Lace And Leather”, um prazer sedutor, conseguiu um pouco de atenção na The Femme Fatale Tour . No início desta semana, o Circus comemorou seu décimo aniversário. Olhando para trás, fica claro que o álbum durou no teste do tempo. Transbordando com a perfeição pop espumante, ele se mantém com algumas das melhores coleções na discografia de Britney.  Link http://www.idolator.com/7689122/backtracking-revisit-britney-spears-circus-for-its-10th-anniversary?view-all&chrome=1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Amo esse álbum, foi uma era muito boa. Além das novidades sonoras Womanizer, Unusual You e Mannequin, o álbum trouxe em 2008, de forma atual e polida, um pouco de tudo que a Britney já havia feito: If U Seek Amy numa pegada ...Baby e Oops!, Circus e MMM Papi com aquele clima dançante do Britney e do In the Zone, Kill the Lights e Blur, que podiam perfeitamente estar no Blackout.

O Circus tem um gosto de recapitulação, e fica a sensação de que Britney deu um lembrete a todos: "Eu ainda sou a dona do show". 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.

×