Ir para conteúdo
BritneySpears.com.Br: Rebellion

Fê Mendes

Membro
  • Total de itens

    404
  • Registro em

  • Última visita

  • Days Won

    2

Fê Mendes last won the day on Abril 22

Fê Mendes had the most liked content!

2 Seguidores

Sobre Fê Mendes

  • Rank
    ...Baby One More Time

Últimos Visitantes

658 visualizações
  1. O GIF PRA PISAR NOS HATERS AMO
  2. Fê Mendes

    Pequena entrevista com Jayden James e Sean Preston

    Não, nos EUA é comum usar apenas o do pai.
  3. Fê Mendes

    Pequena entrevista com Jayden James e Sean Preston

    MORRO com o Jayden tendo educação fisica como matéria favorita KKKKK
  4. Fê Mendes

    Pequena entrevista com Jayden James e Sean Preston

    Pelos apelidos a gente já vê que sim, amore. O P-Dubz é inspirado em K-Fed KKKKKKKKKKKKK
  5. Fê Mendes

    Pequena entrevista com Jayden James e Sean Preston

    Sim, amore. A Britney devia processar essa parasita por divulgar infos pessoais dos meninos!
  6. A Victoria, esposa do Kevin Federline, registrou a volta dos meninos a escola com algumas curiosidades sobre eles. SEAN PRESTON (13 anos em Setembro/2018) Apelido: P-Dubz Cursando: 8ª série (último ano do ensino médio) Matéria favorita: História e Ciências Quando crescer quer ser: Produtor musical Coisas favoritas: Jogo "Fortnite" e futebol JAYDEN JAMES (12 anos em Setembro/2018) Apelido: JBoogy e Boogy Man Matéria favorita: Educação física Quando crescer quer ser: Dono de um abrigo de animais Coisas favoritas: Cachorros e animais em geral
  7. Ao longo dos últimos 20 anos, 9 álbuns de inéditas e 42 singles, Britney Spears se tornou dona de algumas das mais definitivas e icônicas músicas Pop de todos os tempos. Enquanto o gênio Max Martin tem sido um pilar em sua discografia, durante sua carreira, Britney nos apresentou alguns dos melhores compositores do show business. Confira o depoimento de alguns deles sobre como foi fazer uma música pra Britney. RAMI YACOUB ...BABY ONE MORE TIME (1999) OOPS!... I DID IT AGAIN (2000) Eu comecei minha própria companhia talvez três anos antes de trabalhar com a Britney. Nós fizemos muitos remixes que no começo mal pagavam o aluguel, mas eventualmente conseguimos alguns hits com uma artista chamada Lutricia McNeal. Eles nunca atravessaram o oceano europeu, mas foi bem sucedido em seu segmento e nos deixou respirar um pouco. Eu e meu parceiro éramos amigos de infância e tocávamos todos os dias após a escola, montamos uma banda e depois viramos produtores musicais e compositores. Nós sentiamos que era tempo de nos separarmos após tantos anos juntos e eu comecei a ir atrás das minhas oportunidades. Eu e o Max Martin tinhamos um amigo em comum que nos apresentou. Eu toquei pra ele algumas das minhas crianções, inclusive umas músicas up-tempo que eu basicamente copiei do cheiron pra tentar impressioná-lo (risos). Ele respeitou o esforço e gostou do que ouviu... Mas eu também tinha uma grande música nos charts naquele momento, então isso me ajudou muito. Denniz Pop, mentor do Max, estava com câncer e se esforçando pra melhorar, então Max estava procurando por um novo parceiro. Eles eram muito próximos. Eu nunca achei que alguém poderia substitui-lo, mas eu tentei meu melhor pra manter o nível e em seguida ele faleceu. Quando vocês produziram ...Baby One More Time, você achou que estava trabalhando em um grande hit? Honestamente, você não tem como prever isso. Você apenas quer fazer o seu melhor e assim fazer a música funcionar. Nós trabalhamos em cada música quase que cirurgicamente, afinal há tantas emoções rolando enquanto você escreve uma música: Amor, ódio, sangue, lágrimas, alegria..... Então a resposta é não, nós não tinhamos idéia do sucesso que a música seria. O que você aprendeu sobre trabalhar em ...Baby One More Time com Max? Vamos tentar fazer essa música acontecer e então ver no que dá (risos). Eu acho que nós conseguimos... Mas, ao longo dos anos, Max me ensinou muita coisa e nós aprendemos muitas coisas um com o outro. Eu não poderia ter tido um professor melhor. Como foi o encontro com Britney no estúdio pela primeira vez? Isso foi há muito tempo atrás... Nossa, eu me sinto muito velho. Ela era tão jovem, mas também muito profissional e nunca reclamava sobre nada. Nós poderiamos passar horas e horas gravando no estúdio e ela nunca reclamava ou ficava pedindo algo. Britney merece muito ter chegado onde chegou. Ela é um diamante. A voz da Britney tem muita personalidade, é frágil e soa humana. Isso faz sentido? Não é intimidadora, mas ao mesmo tempo é muito convidativa. Existem muitas cantoras com grande alcanço vocal e Britney pode não ser uma delas, mas de longe ela se destaca pela personalidade em sua voz. Isso é o mais importante e o que faz dela única. Porque você acha que a música teve tanto impacto? Bem, por vários motivos. As melodias estavam no ponto, a produção catchy, crua, simples e diferente. A música serviu como uma luva. Uma produção deve sempre destacar a música e não ofusca-la. E então o mais importante: Britney! Quem diria que aquela garotinha era um monstro? Ela é esperta e foi dela muitas das decisões que a levaram a se tornar a Rainha do Pop. Incrivelmente, ...Baby One More Time completa 20 anos esse ano. Qual foi a contribuição de Britney pra música Pop desde então? Sim, isso é maravilhoso. Muitos artistas contribuiram pra música Pop, mas pouquissimos tiveram tamanho impacto. Se o Pop fosse uma árvore, ela definitivamente seria uma das raizes. Vocês trabalharam em tantas músicas Pop clássicas. O que é tão especial sobre a sintonia entre você, Max Martin e Britney em um estúdio? Eu não sei, nós apenas funcionamos juntos. Digo, eu e Max somos bem palhaços e ela se diverte e se sente segura quando está com a gente. Você enche um cômodo com pessoas que se amam e se respeitam e o mais importante, se divertem juntos, então boas coisas saem daí. Quando Oops! surgiu, como foi trabalhar com a Britney já consolidada como um Icone Pop? Qual a diferença dela entre os dois álbuns? Chegou a ter um ano entre o lançamento desses dois álbuns (risos)? Eu nunca pensei sobre isso, ela estava um pouco mais velha e experiente, até pelo fato de já ter saído em turnê e ser um grande nome da música. As coisas aconteceram muito rápido. Qual a inspiração por trás da letra de Oops? Eu não lembro, pra ser honesto. Pra alguns de nós que não temos o inglês como primeira língua, a melodia vem primeiro e depois a letra. Não é tão fácil escrever letras, mas nós sabíamos quais elementos utilizar e soar como doce. Oops era uma boa palavra pra iniciar. Demorou umas duas semanas pra terminar a letra. Não lembro bem... O termo "Oops! I did it again" se tornou uma frase icônica na Cultura pop mundial, tendo sido recentemente citada em uma música da Anne Marie e em outra do Fall Out Boy. Você esperava que a música viesse a ter esse tipo de influência? Nem em um milhão de anos... Não existe maior recompensa quando outros artistas fazem referência a uma música que você escreveu há 20 anos atrás. Oops! é definitivamente um dos vídeos mais icônicos da música Pop nos anos 2000. Como compositor, é eletrizante ver uma música que escreveu ser materializado em um vídeo épico? Clipes eram épicos naquela época. MTV era grandiosa quando de fato era um canal de música, então nós ficávamos super animados todas as vezes que uma de nossas músicas ganhavam clipes. Eu lembro que Max e eu ficamos maravilhados quando vimos o vídeo, até porque imaginávamos Britney em algo mais simples e então vimos ela em um latex vermelho, com um astronauta e com Marte como cenário. Surreal! Qual a inspiração pra parte falada da música que faz referência a Titanic? Foi apenas nós sendo estúpidos e românticos (risos). Inicialmente nós tentamos contato com o Leonardo DiCaprio pra fazer uma participação e ele concordou, mas por alguma razão envolvendo direitos autorais não foi possível. -------------- CARLA MARIE WILLIAMS GLORY (2016) " Quando eu escutei que a Britney tinha entrado em contato com a minha equipe, fiquei em choque e a primeira coisa que pensei: "Você precisa trabalhar com ela. Britney Spears é uma lenda!". Sua equipe ouviu algumas das minhas músicas em versão demo que eu tinha gravado e sentiram que podia se encaixar com o que ela procurava musicalmente em seu novo álbum. Eles nos apresentaram e foi assim que "Private Show" foi criada: Ela ouviu parte da música, disse ter amado e então nós começamos a trabalhar juntas em algumas sessões de composição no estúdio e terminamos escrevendo também uma outra música chamada "What You Need". A energia e vibe no estúdio era algo de outro planeta. As pessoas subestimam muito seus vocais, ela tem uma grande e linda voz. Passamos provavelmente uma semana escrevendo juntas e então essas duas músicas surgiram. Ela, em particular, queria que eu ficasse muito a vontade e fizesse as coisas da maneira que eu quisesse. Nesse período, ela estava procurando por um nome pra seu novo perfume e realmente adorou a idéia de "Private Show", então ela usou a música como trilha sonora de um comercial que gravou. Eu fiquei pensando, "Meu Deus! Isso é maravilhoso. Não podia ser melhor!" Britney é uma excelente profissional e trabalha realmente duro. Ela é verdadeiramente uma super estrela e nós não vemos mais isso atualmente. " JUSTIN TRANTER GLORY (2016) "Eu sou um grande, grande fã, então ter a oportunidade de trabalhar com a Britney foi a realização de um sonho. Digo, ela é literalmente uma das vozes mais icônicas de todos os tempos. Uma das maiores performers de todos os tempos. O número de hits que ela tem é realmente chocante. Britney disse gostar bastante das músicas que eu e a Julia Michaels tinhamos feito e nos convidou pra ir ao estúdio com ela. Foi maravilhoso ver a compositora brilhante que ela é - Britney tem idéias que funcionam bastante em melodias. Claro, se você prestar atenção em sua discografia, nós já vemos que ela é a melhor - mas quando você a conhece na vida real, é uma experiência totalmente diferente e única. Você testemunha tudo aquilo, é algo que levarei pra vida. Eu, Julia, Matt Larsson e Robin Fredriksson fomos ao Conway Studio em LA por alguns dias pra tentar escrever algumas coisas pra ela. Acho que idéia de Slumber Party - assim como a maioria das idéias - surgiram da cabeça da Julia e eu apenas fui sortudo o bastante de ajuda-la a organizar isso e criar o que precisávamos. É sempre dificil pra mim contar alguma história envolvendo músicas que eu crio, por que costuma ser algo rápido e onde está todo mundo bastante animado. Tudo o que lembro é que a primeira vez que Julia e eu ouvimos a Britney cantar no microfone do estúdio, nós surtamos tanto que precisamos sair de lá e sentar no corredor pra não atrapalhar a sessão. Tem algo na voz da Britney, acho que seu tom vocal e vê-la ao vivo que faz a experiência alcançar outro nível. Foi realmente maravilhoso ter a Tinashe com a Princesa do pop também. Um momento legal pra história da Cultura Pop. Foi bom ver os fãs de música pop e os da Britney felizes e orgulhosos pelo "Glory" e dizendo que Slumber Party era um de seus melhores vídeos recentes. Britney é um exemplo maravilhoso de mulher no controle do seu próprio destino. Uma mulher no controle de sua sexualidade e da sua visão sobre a vida. Eu acho que isso é algo inspirador pras novas gerações. Desde o primeiro dia, você vê nela uma jovem, forte, confiante e sábia mulher com uma das vozes mais especiais de todos os tempos". INA WROLDSEN FEMME FATALE (2011) "Eu amo a música He About to Lose Me. Surgiu quando fiz minha primeira viagem pra LA. Eu estava lá e encontrei o Rodney Jerkins pra jantar e então pedi pra ir ao estúdio. Então fomos e eu super nervosa, porque ele era uma das minhas inspirações. Acho que a He About to Lose Me foi a terceira música que compus. Fui a uma boate com uns amigos e minha irmã e tive uma discussão com meu marido. Minha irmã tava dançando com um cara e olhou pra mim tão feliz, eles estavam apenas tocando as mãos e eu pensei na frase: ‘I’m touching hands with someone seriously beautiful, eh-eh-eh,’ e, ‘He about to lose me.’ Eu gosto de escrever coisas pessoais. O papel da Britney na música? Ela trouxe o elemento Britney, bitch! A primeira vez que ouvi a música em sua voz eu chorei pensando: "Meu Deus! Eu escrevi uma música pra Britney Spears!" E então lembrei da minha irmã comprando seu primeiro CD ainda criança e ao ouvir ...Baby One More Time questionar: "Quem é essa? Ela será uma lenda." LAUREN CHRISTY IN THE ZONE (2003) " Britney veio passar alguns dias conosco no estúdio do The Matrix. Nós, é claro, preparamos coisas especiais porque era a Britney Spears, meu Deus! Charlie Midnight, um amigo querido, veio até a gente com algumas idéias. Charlie e eu fomos ao pátio e veio uma idéia de ‘It’s only your shadow, never yourself.’ Sentiamos que tinhamos uma música linda e triste que seria interessante pra ela. Britney era bastante decidida sobre o que queria e ela amou o que mostramos. Ela foi extremamente doce e tinha muito controle sobre como se sentia, o que queria fazer e ao mesmo tempo era tão gentil e tinha aquele charme sulista. A música ficou pronta bastante rápido com a colaboração dela. Nós tivemos 3 ou 4 dias juntos e em determinado momento os paparazzis estavam em cima do teto dos nossos carros tentando fotografá-la. Foi algo horrível. Mas a experiência no estúdio foi maravilhosa. Lembro de pensar em como era surreal estar relaxando no sofá ao lado da Britney Spears (risos). Eu amo "Shadow". Ela cantou a música ao vivo em uma performance onde era levantada por uns cabos e foi uma honra trabalhar com um icone como ela. Britney Spears tem um talento tão real e eu adoraria ter a oportunidade de trabalhar com ela novamente. Eu quero ir ver seu show em Vegas!" CHRISTIAN KARLSSON IN THE ZONE (2003) "Antes de Toxic se tornar uma música, basicamente, era como um conjunto de batidas que eu estava trabalhando há uns dias. Eu tinha as batidas em repeat e então deixei pra lá. No dia seguinte eu voltei a trabalhar na melodia e então ao ouvir pensei: "É impossível fazer disso uma música, mas mesmo assim eu amei!" Eu não sabia como transformar aquele amontado de batidas em uma música mas queria tentar, então eu peguei uma guitarra e tentei tocar em versão acústica. Parte por parte. Não sabia que seria um grande sucesso ou algo do tipo, porque nós não conheciamos ninguém que realmente queria a música. Eu enviei pra um artista e não tivemos nenhum retorno. Quando tive a oportunidade de estar em estúdio com a Britney, toquei pra ela e sua equipe e eles disseram: "Nós te damos um retorno". Era como a ovelha negra do álbum, porque não seria o primeiro single. Britney então gravou a música com seus vocais e não importava se você gostasse ou não dela, mas sua voz fez a música ser memorável. Eu gosto do fato de que ao ouvir as pessoas já identifiquem que a voz é dela. É algo muito valioso, mais do que ser a melhor vocalista do mundo - ter o tom de voz que é reconhecível e único vale muito mais. Existem tantos artistas e músicos que elogiam Toxic e isso é maravilhoso! Quando a música ganhou o Grammy, eu não fui a cerimônia, porque eu era contra tudo o que ele representava, de uma música competir com outra - isso me stressava bastante. Quando mais jovem, só queria estar no estúdio, era uma maneira de escapar do mundo. Acho que Toxic se tornou tão memorável pela originalidade e a melodia forte. O toque de Bollywood chamou a atenção das pessoas. Foi algo realmente louco. Eu tive alguns sucessos após Toxic, mas nada comparável a ter uma grande artista, um grande single e um vídeo clipe maravilhoso. É um grande momento pra mim!" http://www.musicweek.com/interviews/read/britmakers-songwriters-reveal-the-secrets-behind-some-of-britney-spears-huge-hits/073506
  8. Fê Mendes

    Fã da Britney afronta Justin Timberlake durante show

    A cara do Justin quando olha KKKKKKKKKKKKKKKKKKK GRITO Gente, claro que é afronta! É a mesma coisa que ir pro show da Taylor com a camisa da Katy e pra completar ainda foi em Cry me a River.
  9. Curiosidade: Nicki Minaj cita Britney em LLC. All my niggas move that Britney, Ari', yeah, Katy too LLC"
  10. A Beyonce e o jay Z tbm recriaram em 2003 no TRL KKKKKKKKKKKKKKKKKK ]
  11. Fê Mendes

    Turnê Piece Of Me não agrada a critica dinamarquesa.

    EU QUERO O BAN, CARALHO! GRAÇAS A VC ISSO SAIRÁ NO POPLINE, HUGO GLOSS E PAN BAN @FABIAN
×