Jump to content
BritneySpears.com.Br: Rebellion


Leaderboard

Popular Content

Showing content with the highest reputation on 05/12/2022 in all areas

  1. Ai eu só acho as fotos feias e ignoro kkk eu acho exagerada a reação, mas entendo e não fico de nenhum lado
    1 point
  2. passo mal com o instagram chamando os documentários de lixo sendo que o rosengart usa a investigação do controlling e do vs spears nas petições kkkkkkkk pelo amor de deus
    1 point
  3. Lucy Wagner

    Para vocês ✨ 💖 ✨

    Para vocês ✨💖✨
    1 point
  4. adorei o tópico pq rendeu assunto e pude ler durante o trabalho adoro vcs
    1 point
  5. Britney fala que foi impedida de ter relações com as pessoas, e o que acontece depois da curatela? Se isola com Sam e Vicky, tendo contato raro com qualquer outro, (Donatella, Paris), levando a crer que interações com outras pessoas ainda parecem ser controladas, e rasas. Fala sobre se sentir uma escrava sexual, dizendo que as empregadas de sua casa tinham mais direitos que ela. O que vai pro Instagram? Postagem de foto se vestindo de empregada sexy, fazendo piada sobre o que disse no próprio depoimento. O advogado fala sobre os documentários, dizendo que foram cruciais para mudar a opinião pública. O que tem no instagram? Várias postagens da britney descendo o pau nos docs, chamando de lixo como se fossem as revistas de fofocas. Sendo inclusive muito mal agradecida. Posta vídeo dançando Justin timberlake, dando vários elogios a ele, depois desce o pau dizendo que a água é molhada ao afirmar que ele se promoveu em cima dela. Sério? Parece pra mim que Britney está em uma bolha onde as informações sobre o mundo são dadas por Sam e Vicky, e nesse mundo ela viaja pro México, pro hawai, come chocolate, e pode ter direito a ter animais e engravidar. É um mundo com um pouco mais direitos e sem internações involuntárias, é onde ela pode gastar minimamente o dinheiro dela em roupas, e sapatos, falar de xícaras e postar fotos peladas pra chocar. Nesse mundo os documentários são podres, o freebritney é mérito do Sam, e ela vai fechar com chave de ouro lançando um livro que não terá nada de novo, e apenas encerrará convenientemente qualquer conspiração sobre a vida dela. Ela não dará entrevistas ou falará nada da curatela, e se voltar pra indústria tudo continuará filtrado, somente não precisará ser forçada a trabalhar. Não acho que nada além disso irá acontecer. Até porque nada novo aconteceu. E olha que eu nem esperava um comeback, eu só esperava saber quem é britney de verdade com as próprias palavras dela, até porque não acho que uma pessoa demonstre sua verdade com uma foto pelada cheia de emojis e edições no facetune.
    1 point
  6. Pra mim o rosto do Dragon é uma mulher loira chorando e o Lipe é um personagem de anime e ninguém pode me dizer o contrário, já me acostumei com isso, e assim vai ser, vcs que lutem !
    1 point
  7. amigo, que lindo esse texto seu. A gente sente o amor nas palavras. Nossa. Eu não sei o que dizer, gente. Tudo muito difícil, escuro. Um fotão desses foi postada no IG do noivo, mas e no dela n temos um registro descente.
    1 point
  8. @polly estava pensando nisso de conhecer a Britney porque de fato a gente não é amigo íntimo pra saber 100%, mas a questão é que a gente sentia que a conhecia sim e muito bem kkkkk talvez por isso a fã-base tão fiel, a conexão tão forte e por isso conseguimos perceber que as coisas não estavam certas. A Britney é muito transparente, suas emoções transbordam mesmo quando ela tenta esconder, você sente. Eu pelo menos sempre consegui entender as emoções, decisões e cada passo dela, como ela se sentiu em determinados momentos e coisas do tipo. É como se fosse uma pessoa próxima, apesar de nem conhecermos de fato. Desde o começo da carreira quando ela tentava ser o mais educada possível, dava pra ver quando algo era ofensivo, quando uma pergunta incomodava e afins. O término com o Justin, o início da vida noturna e festas, o casamento apressado com o Kevin, o desejo de ter uma família, o divórcio e toda a situação de 2007. Muitos não concordavam mas os anseios e as situações em que ela se meteu sempre foram claros de entender, tanto que alguns dizem aquilo "quanto mais velho eu fico mais entendo o colapso da Britney" kkkk acho que isso é um grande fator pelo mundo ter se apaixonado por ela também, ela é muito genuína e humana, uma pessoa simples com desejos puros apesar de uma mega celebridade. Com a era Circus as coisas começaram a ficar diferentes, claro que pela curatela, mas como não sabíamos assumimos que era por tudo o que aconteceu antes e em parte realmente deve ter sido, mas ainda era possível sentir a Britney ali. Com os próximos anos e eras cada vez ficou mais evidente que a essência dela foi ficando apagada, algo estava muito errado e não sabíamos o que, por anos muitos tentaram apontar o dedo pros motivos, "trauma de 2007", "preguiça", "não liga mais pra carreira", "os coreógrafos são ruins". Agora entendemos o motivo, mas sempre foi claro o desconforto, a ansiedade, a falta de vontade, a sensação de mal-estar em vários momentos principalmente na era Femme Fatale, X Factor e Britney Jean. Até mesmo com a coitada fazendo o seu melhor, nem o corpo dela mentia: ela escondia com um sorriso, a pele atacava em psoríase evidenciando todo o estresse que ela segurava por dentro. Apesar de tentarem ocultar muita coisa e dificultarem a ligação dos pontos e compreensão, sempre foi possível pescar algumas coisas. Como em 2015 e era Glory, por exemplo, era possível ver sua melhora e como ela tentava se superar, se esforçava pra dar seu melhor e a evolução também foi evidente. Dava pra ver como ela tentava relaxar e se reconectar com sua personalidade em entrevistas, apesar da ansiedade. No Instagram também não era diferente, apesar das narrativas e de ela mesma mentir, todo mundo sabia que algo estava errado. E no depoimento lá estava ela de novo, a Britney que conhecíamos, puta da vida e traumatizada, nos fazendo chorar falando como se sentia de verdade e contando só um pouco do que viveu nessa curatela. E é claro que sentíamos que a conhecíamos, acompanhamos tudo como podíamos, teorizamos até aquele momento e ouvimos tudo se confirmar da boca dela. Era real. Claro que a expectativa era que ela contasse todo o resto, que tudo mudasse e que a conexão que o mundo sempre teve com ela ficasse clara novamente assim que a curatela acabasse. Só que isso não aconteceu, por muitas vezes ela ainda parece uma estranha para nós. Existem mil possibilidades para isso, mas que algo ainda tá fora do lugar segue claro. Talvez ela ainda esteja na mão de terceiros, talvez ela minta pra si mesma e pro mundo, queira seguir uma imagem idealizada que quer passar, talvez ela aprendeu que não se pode ser genuína como era, talvez ela só esteja seguindo o que pensa que esperamos dela, talvez seja só a forma atual dela de processar tudo, enfim. Tenho pra mim que possa ser uma espécie de fuga, o que é natural nessas situações quando não se está pronto pra lidar com o trauma. Só desejo que ela não fuja de si mesma por muito tempo, que não tenha medo de processar seus traumas de forma saudável, que assuma a própria história e se reencontre e que se ame bastante afinal ela é um ser humano maravilhoso
    1 point
  9. Eu entendo que no caso da Britney, é tudo muito nebuloso e todos envolvidos sempre serão suspeitos. É legítima a preocupação. Só que muitos aqui, ao meu ver, exageram demais nas reações. É tudo preto no branco, 8 ou 80. Não se cura traumas de 13 anos rápido assim, pessoal. É um processo, muitas vezes longo. Pode levar meses, anos ou até a vida toda. Nós não sabemos qual tipo de tratamento e qual transtorno mental a Britney vem vivenciando. E nem precisamos saber. Porém, o que venho percebendo, principalmente aqui, é uma falta de entendimento do contexto de sua vida e até falta de empatia. Muitas pessoas pegam pesado nos julgamentos aqui e parecem esquecer tudo o que a mulher viveu. É complicado afirmar que as pessoas ao seu redor não estão sendo cuidadosas com ela e querendo seu bem. Nós realmente não sabemos. “Não tem ninguém que leva ela pra fazer uma terapia?” Como saberemos? E se ela realmente estiver fazendo? E caso contrário, não seria compreensível o por todo o trauma que ela já passou? Ela já afirmou que foi abusada por seus antigos terapeutas. “Nossa, ela não deveria ficar expondo essas coisas no Instagram” “As pessoas ao redor não ligam pra ela, deixam ela postar essas coisas” A Britney foi silenciada por muitos anos, até mesmo antes da tutela começar. Imagina a angústia de aguentar o silêncio todo esse tempo. Não poder se expressar. Ter que aceitar as mentiras que foram ditas a seu respeito. Entendo que expor seus pensamentos nas redes pode não ser a forma ideal de lidar com seus traumas, mas e se isso foi um jeito que ela encontrou pra amenizar toda a angústia que ela sentia? “Mas o marido deveria dar uns toques, ele não faz nada” Nós realmente não sabemos se ele a ajuda ou não, mas imagina como deve ser lidar com uma pessoa que foi controlada toda sua vida e mais restrita ainda nos últimos 13 anos? Os gatilhos que devem acionar em qualquer ato de “conselho”? Enfim, acho que precisamos pensar muito antes de julgar. Principalmente uma pessoa que sofreu tanto por tanto tempo, que viveu uma vida de angústias e tantos traumas. Que a única forma de ajuda era mais um dos pontos de abuso. Ela não tinha família, amigos, ajuda médica nem psicológica aos seu lado. Talvez ela tenha agora, mas leva tempo se curar disso tudo. Vamos dar tempo a mulher. Vamos deixar ela se expressar. Vamos ouvir o que ela tem a dizer. Vamos entender o que ela diz. Vamos deixar ela viver finalmente em seus próprios termos.
    1 point
×
×
  • Create New...