Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''Make Me''.

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Britney Spears
    • Britney Spears
    • Coberturas
    • Downloads
    • Off
    • Suporte

Encontrado 55 registros

  1. lembrando que contam os streams+ downloads certificado da RIAA: o primeiro certificado dela na era de streams? https://www.riaa.com/gold-platinum/?tab_active=default-award&se=Britney+spears#search_section
  2. Olá gente! Acompanho o fórum faz um tempinho, mas só criei uma conta agora. Pois muito que bem. Como todos sabem, ela nos decepcionou com o clipe de ...Make Me, já que esperávamos a comentada original version. Por esse motivo, e por outros fatores, o clipe flopou FEIO no Youtube/VEVO. Podíamos organizar uma campanha ou view day para ajudar a subir as visualizações, né? Atualmente está com 37.621.795 visualizações (13/10/16). Vamos nos unir e ajudar ao menos à subir as visualizações para 50 milhões! MODOS DE AJUDAR: Com a conta do youtube DESLOGADA abra em várias abas o vídeo e deixe rodando. Pode tirar o som para não ficar muita 'zoada' junta com os vídeos dessincronizados, mas, o importante é deixar rodando. Quando acabar, fechem as abas e abram outras com o vídeo novamente. Não se esqueçam de tirar o botão de reprodução automática para não dar visualizações ao clipe da Fergie. kkk (não se esqueçam de quando abrir as abas clicar nelas e esperar o vídeo começar, se não fica pausado). Obrigado, abraços!! :D Link do vídeo:
  3. https://www.facebook.com/britneysite/videos/1085306498222786/ é o cara de dreads dessa foto E a melodia bate com a que o menino cantou, o "Just wanr you to make..."
  4. Como vocês já devem conhecer, a coleção Now That's What I Call Music! é uma série de cds famosa que conta com hits recentes. Na 60ª edição, Make Me é a faixa 6 da edição e será lançada dia 04 de novembro. Tracklist: Curiosidade: ela apareceu pela primeira vez na edição 2 do CD com BOMT, aparecendo em 19 edições no total As edições costumam ir bem até nos charts, as últimas debutaram em 5 na Billboard
  5. adorei a batida, me julguem
  6. Ou quase. Tem uma peça em cartaz no sul que se chama República, onde um amigo faz uma personagem que sempre performa Britney a cada sessão/capítulo da peça. Make Me ainda não foi inclusa mas já rolou dance video na página da personagem ontem. Bom pra quem não conhece, passar a conhecer. Enaltecendo sempre. Lembrando que não é impersonator da rainha.
  7. Gente, aquela nova versão de Make Me me incomodou com relação aquele efeito rosa que cagou mais ainda no clipe, então eu resolvi fazer uma versão dele em preto e branco por curiosidade mesmo e adicionei a intro com o carro, então resolvi compartilhar aqui... enfim, achei que o preto e branco deu uma valorizada no video o que vcs acharam?
  8. OMG app Britney American dream acaba de atualizar e lançar nova versao do clipe de Make Me com cenas novas e Britney sussurrando 'MakeMe' no final. CORRE LINK PARA DOWNLOAD em HD : http://www115.zippyshare.com/v/D6XvozVI/file.html
  9. Felizmente hino lá as certificações de ouro para singles são dadas para canções que venderam a partir de quarenta mil cópias http://musiccanada.com/gold-platinum/new-goldplatinum-single-certifications/
  10. Britney Spears' "Make Me..." featuring G-Eazy vaults 58-17 on the Hot 100, winning top Digital Gainer honors and returning to its peak position, first set upon its debut six weeks ago. The track re-enters Digital Songs at No. 3 (also matching its peak), up by 387 percent to 71,000 sold, in the week ending Sept. 1, according to Nielsen Music; it debuted with 96,000. "Make Me..." also rockets 23-1 on the Pop Digital Songs sales chart, becoming Spears' first No. 1 on the survey since "Scream & Shout," with will.i.am, for three weeks in 2012-13. Also aiding the song's sales: its discount to 69 cents in the iTunes Store. On Streaming Songs, "Make Me..." re-enters at No. 33 (a new peak), up by 70 percent to 7.3 million U.S. streams. "Make Me..." appears to have peaked at No. 20 on the Pop Songs airplay chart (dipping 21-22 on the Sept. 17 tally), although RCA Records is continuing to promote the song to the format and has not yet moved on to another single from Spears' new album, Glory, which, as previously reported, debuts at No. 3 on the Billboard 200.
  11. Não sei se é repetido, mas não vi nenhum post relacionado nas duas primeiras páginas, então acredito que ainda não foi postado. Obs: O video corta no meio e volta um pedaço da parte do G-Eazy, mas depois continua normal Enjoy :)
  12. Enfim consegui colocar no YOUTUBE.COM/RUDAVIDAL, sei que não estamos acostumados com a tag e as cenas misturadas, mas só assim o youtube não remove o video e eu nao perco para outros canais q ja roubaram minhas ediçoes e reivindicaram como deles. As cores que fiz PINK [ROSA]
  13. Vídeos: Entrevista: Make Me... Do You Wanna Come Over? http://www.today.com/video/britney-spears-performs-do-you-wanna-come-over-on-today-755904067603 (sem youtube) ~ Quente no salto alto de duas apresentações inesquecíveis - seu retorno notável para o VMA e seu quadro Carpool Karaoke com James Corden - Britney Spears realizou um mini-concerto para o Today Show hoje. Britney performou diretamente do Planet Hollywood e acabou batendo papo com a entrevistadora Natalie Morales: “Eu realmente não vejo isso como um regresso. Acho que eu nunca realmente me ausentei. Sempre estive aqui. Então eu acho que isso talvez seja minha reinvenção e apenas um momento diferente em minha vida — um momento realmente bom, glorioso!” Os bons tempos não estão limitados a sua carreira. A mãe de dois faz questão de tirar um tempo para o que realmente mais importa para ela - divertimento da família com filhos Sean (10) e Jayden (9), que "às vezes" inclui pegando algumas ondas provocadas pelo homem no Flowrider do Planet Hollywood. "É divertido!" Spears disse, enquanto observava Sean enfrentar as ondas - pouco antes de ela e Natalie fazer o mesmo. "É realmente divertido."
  14. https://twitter.com/iamvitorsantos/status/771307670146088960/photo/1
  15. Enquanto o debut de Make Me nos USA foi 96K com vendas puras + streams, nesta semana a canção já conseguiu +95K de cópias puras nos Estados Unidos, assim vendendo mais nesta semana do que em sua semana de estreia. além disto, hoje o carro chefe do "Glory" bateu também mais um recorde pessoal, o de maior peak da canção no Spotify USA Charts: O single pulou de #33 para #22 na última atualização Fonte: http://kworb.net/cc/
  16. Tem que deixar documentado né? O sleeper hit está acordando amores
  17. "Irei performar no VMA com Britney Spears neste domingo! Mal posso esperar"
  18. O iHeartRadio entrevistou o produtor BURNS e ele falou coisas bem interessantes a respeito do processo criativo de "Make Me". Eu fiz uma busca rápida no fórum e não encontrei essa matéria. Ela é do dia 19 de Agosto, então se já foi publicada, foi mal. Fiz uma tradução de amador, então desculpe se não estiver ao pé da letra. Alguns trechos eu não traduzi, ou por ser menos relevante, ou por não ter conseguido traduzir mesmo. Boa leitura! Parabéns pelo lançamento com Britney. Foi direto ao topo do iTunes e é bastante recente. Como o projeto surgiu? Eu me mudei para L.A. há quatro anos e quando cheguei, acabei me interessando mais por produção. Eu estava começando a ficar fascinado por música pop. Eu realmente não tinha me aprofundado nesse ramo. Eu vinha fazendo bastante club music, produções experimentais e coisas um pouco estranhas, mas tomei maior interesse pela rádio americana. As coisas estão bem interessantes por aqui, em relação à música pop. A rádio foi esfriando, o que foi bom para mim. Eu estive nesse âmbito enquanto fazia o meu próprio material. Venho criando batidas pop, brincando e fazendo coisas com a guitarra e misturando elementos orgânicos com eletrônicos. Eu fiz "Make Me" há um ano ou mais, e de alguma maneira a música acabou chegando nas mãos da equipe da Britney e então eles entraram em contato e me disseram "Britney está gravando um álbum novo e nós amamos isso", e muita coisa rolou a partir daí. Colocamos o vocal e a música se tornou o que é agora. Você disse que criou a batida de "Make Me" antes de entrar em estúdio com a Britney. Acho que muitas pessoas ficaram atraídas pela música por ser um som que a Britney ainda não tinha explorado e seus lead singles costumarem ser muito dançantes. Na música nós realmente queremos ouvir a voz dela. Você tinha essa intenção? Totalmente. Eu não escutei todos os materiais recentes da Britney, mas sabia que os singles anteriores a este eram, como você diz, diferentes. São todos mais uptempo. O vocal foi um dos meus principais focos na música, porque eu queria sentir que havia emoção. [...] Eu queria ficar longe do autotune e ter algo que soasse natural, então passamos muito tempo no vocal até chegar ao resultado final, em que ela canta com o coração ao invés de termos algo com muita produção. Acho que conseguimos isso. Eu vi muitas reações positivas e isso me deixa feliz, pois foi colocado muito empenho na produção vocal da canção. Como foi especificamente trabalhar com a Britney em estúdio? Foi maravilhoso. Foi assustador no início porque ela é uma lenda, tipo uma estranha entidade. Ela tem essa imensa fan base e está fazendo isso há muito tempo. Quando eu cheguei lá ela era normal, uma pessoa pés no chão. Foi muito simples. Foi como acabar de conhecer uma pessoa e de repente estar como dois amigos trabalhando no estúdio. Fiquei surpreendido porque ela é uma grande estrela. Às vezes você pensa que vai ter um pouco de ego, mas ela foi muito legal. Ela é uma boa pessoa. Você produziu a música [sem vocais] antes de visitá-la. Quando a letra surgiu? Na verdade, eu fiz a batida na cozinha de um amigo, o que é bem estranho. [...] Eu tinha uma guitarra e estava no balcão da cozinha (risos). Eu gravei a parte da guitarra lá, plugada no meu laptop, o que é bem engraçado porque eu não fiz isso em estúdio. Terminei por lá e alguns meses depois eu tinha a batida. Ela tinha ficado nas mãos de Joe Janiak, um compositor do UK, que eu não conhecia até então. Ele na verdade não estava escrevendo para ninguém em particular. [...] Ele tinha uma melodia sólida e mandou a música de volta pra mim eu fiquei tipo "isso é legal e pode ficar maravilhoso". Eu acho que a equipe da Britney ouviu a música sem a letra e amaram. Eles disseram "nós precisamos de uma letra nisso para podermos usá-la", e daí eu e o Joe fizemos a letra. Ele estava em Londres, então fizemos por e-mail. Ele me mandou os versos e o refrão surgiu rapidamente. Foi dessa forma que aconteceu. E agora vocês também tem o G-Eazy, que participa do bridge da música. De quem foi a intenção de ter uma participação na faixa? Sua ou da Britney? Acho que foi ideia dela. Isso veio depois. Inicialmente não havia nenhuma participação. Eu fiz a bridge e era a Britney quem cantava. Existe na verdade uma versão sem rap. Acho que já foi lançada. Tenho a impressão de que vocês podem ouvi-la. Não sei se está à venda, mas está na internet, isso eu sei. Muitos fãs estão esperando pelo seu remix de "Make Me". Eu tenho sido abordado para fazer isso, mas no momento estou envolvido em tantos projetos e estou tão feliz com a [versão] original, que não faz sentido trabalhá-la outra vez. Eu quero deixar outras pessoas tentarem, sabe? Matéria completa: http://1013kissfm.iheart.com/features/iheartradio-music-festival-796/articles/15/494041/burns-on-producing-britney-spears-make-15023823/#ixzz4ICHZ8tBF
  19. O executivo da RCA Joe Riccitelli enviou uma carta para a maioria das rádios americanas perguntando o que realmente os faz incluir uma música em suas playlists, dando os dados do crescimento por conta própria do single tanto em streams como no gosto popular, já que a música sempre está entre as mais pedidas. É muito gratificante ver o cabeça da gravadora batalhando pelo desempenho (honesto, sem jabá) do single, mostra o quão feliz ele está com o que a Britney entregou. Segue a carta: To our partners in radio, How do you measure a record? When you think about a song and if it deserves one of the slots on your playlist, what do you look at? * Is it sales? (+40% this week) * Is it streams? (23 million, +22%) * Is it Shazam? (Top 30) * Is it YouTube views? (17 million) * Is it research? (#1 Rate The Music) Or do you measure a record being -2% in spins due to syndication? One that probably hasn't been played 200X (at your station) since only 15 out of 175 stations have. Nothing can "Make Me" stop working this records. Are you with us?.
  20. 1. Closer 329 (+5) 2. Cheap Thrills 311 (-1) 3. Cold Water 298 (-1) 4. Heathens 282 (=) 5. This Is What You Came For 277 (-2) 6. Ride 269 (+1) 7. One Dance 257 (-2) 8. Don't Let Me Down 251 (=) 9. Needed Me 250 (+1) 10. Can't Stop The Feeling 246 (-1) 11. Send My Love 225 (=) 12. Treat You Better 213 (+2) 13. Into You 201 (=) 14. Too Good 186 15. For Free 180 16. Sucker For Pain 172 17. We Don't Talk Anymore 166 (+2) 18. Broccoli 157 (+a lot) 19. Panda 153 20. Never Be Like You 152 (+a lot) 21. Let Me Love You 146 (-9) 34. Rise 109 (-5) 41. This Girl 96 (+a whole lot) 47. Make Me 88 (-4)
  21. Intro/ Work Bitch Womanizer/ Break The Ice Me Against the Music (sem áudio) Gimme More BOMT/Oops! Break Do You Wanna Come Over? Missy Elliot Mix I'm A Slave 4 U Make Me... Freakshow (com Colton Haynes) Breathe On Me Toxic Stronger/ (You Drive Me) Crazy Till The World Ends